quando o verão chegou vindo do mar (tómas guðmundsson)

Quando o verão chegou vindo do mar
trazendo o sol para na cidade brilhar,
envolvendo em seu coração o mundo,
conheci o meu amor mais profundo.

E fomos, de mãos dadas, cantando,
verão ao coração jovem inspirando,
e o mais belo dos os poemas meus
eu o li e o transcrevi dos olhos teus.

Pese haja sombra nos vales, baías,
aos nossos amores, deleite e alegria
a gloriosa estrela no céu incendeia
mesmo quando a voz da brisa rareia.

Que têmpera nos dê o frio penoso,
e que o fogo nos aqueça, amoroso.

tómas guðmundsson

[tradução do islandês: Luciano Dutra]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s